A Sombra de um Pergolado

Se a chuva ou o sol não dão trégua, é hora de planejar uma pérgola. Feitas de bambu, ferro ou madeira, são leves, incrementam o jardim e ainda dão suporte para várias espécies de plantas. Aí é só relaxar e curtir o dia debaixo dela…

Para garantir que as áreas externas sejam usadas nos dias mais quentes, os pergolados cumprem o papel de diminuir a incidência de luz.

Essas estruturas, construídas com vigas e cobertura, criam espaços com menos luminosidade e mais conforto térmico. Podem ser construídas em locais de churrasqueiras, jardins, corredores e locais de descanso.

No acabamento, a vegetação do tipo trepadeira ajuda a formar “cortinas naturais”. Ela também pode ser aproveitada na cobertura. Porém, tecidos, vidros, policarbonato, madeiras, bambus, e outros materiais, cumprem igual função.

Mais tecnológicas, há no mercado projetos com coberturas deslizantes. Por meio de trilhos e acionamento automatizado, a cobertura pode ser movida conforme a necessidade de sombra.

O correto, é estudarmos a área onde será inserido, analisando sua função e estética, e também sua harmonia com o entorno existente. Desta forma poderá ser feita de forma mais assertiva a escolha do material a ser empregado.

Na hora de descansar, ler um livro, dormir uma sesta, ou bater um papo descontraído, nada melhor que estar sob a sombra de um lindo pergolado.